capa

O ocaso do resgate dos valores morais apregoados por João Lourenço
FLAGRANTE DELICIA
21-maio-2022 16:39

Um soba flagrado num "delicioso esfrega- e-amasso", a dançar com uma donzela bem disposta no final de um acto político-partidário promovido pelo MPLA. O sorriso de orelha-a-orelha da moçoila sugere boa disposição. O estado de espírito do sobeta não destoa. (...). Com cerveja a rodos e à borla, não há moça que resista em mostrar à direcção do partido que compreende e materializa,  até à exaustão, a recomendação segundo a qual "é preciso descer até às massas, para depois subir com elas (sic!)".

Um brinde à “República Socialista” de Benguela pelos seus 405 anos
CRÓNICA
21-maio-2022 14:52

No dia da cidade, a sugestão é para uma reflexão sobre como resgatar estes valores. Para que não se perca o contraditório. Para que não se apague a chama do salutar debate, essência da luz. Para gerar ideias novas e avançarmos, urge resgatar a alma benguelense e torná-la altiva. Resgatar o círculo de debate, com o garotão, do Bernardino Neto; resgate da Brigada Jovem de Literatura, com o nosso Bangula.

O poder paralelo da “tia Carol”
EDITORIAL
19-maio-2022 23:09

O entusiasmo vivido nos primeiros dias da luta contra a corrupção instituída pelo Presidente João Lourenço, após a sua eleição para um mandato de 5 anos, deu lugar, nos dias que correm, a um crescente desencanto, por força das medidas selectivas tomadas pelo Executivo, em que alguns acusados de desvios do erário vão às barras do Tribunal e de seguida à cadeia, e outros simplesmente vão para casa, com os respectivos casos arquivados.

COLUNISTAS

Espaço para publicidade

Espaço para publicidade

O KWANZA, O ESPAÇO DA SUA OPINIÃO ★ COLABORE COM O KWANZA. ENVIE SEU ARTIGO ★ O KWANZA, O ESPAÇO DA SUA OPINIÃO

Opinião

LAURA MACEDO*CARRINHO, a nova coqueluche do PR João Lourenço20-MAIO-2022 - 09:54 "Sem vergonha, nem um mínimo de pudor em tudo o que possa render lucro fácil, a par da OMATAPALO, encontramos o nome desta empresa seja directamente ou através de subsidiárias engendradas à pressa para funcionarem como receptoras de Fundos Públicos chorudos a pretexto de alavancarem vidas inóspitas de milhões de angolanos. Agora, com a entrega da gestão desta fábrica (África Têxtil) onde já vimos colocando dinheiro do Erário desde bem lá atrás, a cargo da CARRINHO, para além da Reserva Alimentar para que não morram à fome, fica também entregue à  sua gestão os trapos para se cobrirem e taparem-se do frio."
LUÍS DE CASTROClima de “paz armada” no clã dos Santos20-MAIO-2022 - 03:00 “(...) A imagem do ex-PR está sempre associada ao símbolo da soberania, assim como à manifestação de outros valores da identidade nacional. (...) Apesar do facto dos 38 anos da Administração Eduardista terem sido "coroado" por um festival de corrupção, nepotismo e impunidade, JES, na qualidade de antigo PR, goza das imunidades e de outros direitos que conferem dignidade à função presidencial, prevista na Carta Magna do País. (...)”
HAILE SELASSE A elite de fantoches e a cartilha do partido20-MAIO-2022 - 02:45 “(...) Essa elite de fantoches deve ser repudiada e banida da vida pública sumariamente. Qualquer cidadão decente sentiria vergonha, caso fosse considerado membro dessa elite. Eles são apenas vigaristas e oportunistas, uma massa disforme que se julga a suprassumo da inteligência e se contenta com a velha imagem projetada pelo espelho do atraso e da ignorância. Nunca são colocados à prova. Não procuram desafios e jamais são julgados pelas suas acções. Vivem num estado de autoproteção e têm um País inteiro como colónia ou propriedade privada para a manutenção da sua subsistência. (...)”
Os colunistas d’ O Kwanza têm total e absoluta liberdade nos seus comentários. As suas opiniões não reflectem, necessariamente, a posição ou escolhas editoriais d’ O Kwanza. As informações contidas nas colunas são da inteira e exclusiva responsabilidade dos seus autores

Espaço para publicidade

Espaço para publicidade

Entrevista

ANALISTA PAULA CRISTINA ROQUE, EM EXCLUSIVO: “O MPLA não tem condições para ganhar as eleições, dada a saturação popular e os erros de governação”29-JAN-2022 - 03:22 Disseca a situação de Angola como poucos. Quando fala, fá-lo com conhecimento de causa e do alto da sua reconhecida e competente cátedra. Não se faz rogada quando o tema da prosa é a situação política, social e económica de Angola. Por isso, convidamo-la para uma entrevista exclusiva, na qual Paula Roque alerta - entre… Ler +

Comunicado de imprensA

POSIÇÃOMensagem Pastoral da CEAST sobre as Eleições Gerais de 202212-FEV-2022 - 02:38 A hora é para a Nação em construção e para o Estado em consolidação; a hora é para todos nós que acreditamos no amanhã da paz, da cidadania, da inclusão, da meritocracia, do patriotismo, do desenvolvimento humano, social e cultural e do verdadeiro estado democrático e de direito.  Ler +

Crônicas

PAULO VIANAO católico e o evangélico21-MAIO-2022 - 15:32
MAYANNA VELAME A margem21-MAIO-2022 - 15:29
ANNA KALISTER PERENA*Quando cada copo d’água é um palácio de Cristal21-MAIO-2022 - 15:16

(Ex)Citações

AMÉLIA DE AGUIAR (JORNALISTA)“João Lournço (JLO) é um caso perdido. Ele quer portugueses. Angolanos são para “carregadores” ou serventes.O ministro Tete António a carregar o sobretudo e a pasta do chefe. Surrealista! Eu nunca seria “ministra de JLO”17-NOV-2021 - 23:59 – Amélia de Aguiar In Facebook 16.11.2021      
JOSÉ LUÍS MENDONÇA (ESCRITOR)“Devia haver um controlo anti-doping antes de cada debate na TV pública. Me parece que certas figuras ali ultrapassam os limites da racionalidade”17-NOV-2021 - 23:54 Em entrevista ao LOGOS 08.11.2021
Graça Campos GRAÇAS CAMPOS (JORNALISTA):“Samakuva é a porta de entrada das interferências do MPLA na UNITA”14-NOV-2021 - 21:04 In MFM, 13. 11.2021

Coluna do Leitor

PAULINO QUIFICAQuando o Interesse económico entre Angola e Portugal sobrepõe-se à dignidade humana21-DEZ-2021 - 01:16 A questão que se coloca é se a juventude angolana terá o fôlego de Kissama de Castro para fazer frente às opressões do agressivo poder instituído? As dúvidas pairam, mas os jovens avançam enquanto o poder político legitima a sua permanência com leis arcaicas e impopulares. Ler +

Ponto de Fuga

Ponto de Fuga Sidônio CastroO direito à indignação10-FEV-2020 - 16:51 O sapato de Niquita Khrushchev na 902.ª sessão plenária das Nações Unidas, a rendição de Vercingetórix, fazendo descer o escudo Gaulês a César, as falanges em V de Churchill, passeando-se pelas ruas Londrinas durante o Blitz, a autoproclamação de Napoleão em louro vetusto. São vários os gestos, vasta é a distância entre as posições e… Ler +

Coluna do Leitor

PAULINO QUIFICAQuando o Interesse económico entre Angola e Portugal sobrepõe-se à dignidade humana21-DEZ-2021 - 01:16 A questão que se coloca é se a juventude angolana terá o fôlego de Kissama de Castro para fazer frente às opressões do agressivo poder instituído? As dúvidas pairam, mas os jovens avançam enquanto o poder político legitima a sua permanência com leis arcaicas e impopulares. Ler +