PROCESSO ELEITORAL

UNITA entra com Providência Cautelar junto do Tribunal Constitucional

A UNITA entrou com uma Providência Cautelar em sede do Tribunal Constitucional no passado dia 16 de Maio de 2022, por  alegadas irregularidades no processo eleitoral.

Um comunicado que o jornal “O Kwanza” teve acesso refere que a decisão surge em “virtude de irregularidades detectadas no processo eleitoral, constatou-se que há violação dos direitos dos Cidadãos. O último encontro entre o ministro de Estado da Casa Civil ao lado do ministro do MAT não dissipou o facto”.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *