OBRA

Sede da UNAP em estado avançado de degradaçãoEdifício – Infra-estrutura tem mais de 40 anos

Localizada no centro da cidade de Luanda, edifício da União Nacional dos Artistas Plásticos «clama» por obras de requalificação. Instituição deixou de receber verbas do Estado em 2019. Direcção está à procura de parcerias para mudar o quadro.

O edifício onde funciona, há 45 anos, a sede da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), localizado na Rua Rainha Njinga, na cidade de Luanda, encontra-se em estado avançado de degradação, por nunca beneficiar de obras de restauração, fez saber ao Novo Jornal o actual presidente daquela associação, Rosário Matias.

“As instalações da UNAP estão num estado avançado de degradação, o que dificulta o normal funcionamento da sua actividade. O grande problema é a parte de cima, o telhado. Se conseguirmos proteger-nos das chuvas, poderemos, gradualmente, ir recuperando cada parte dessa infra-estrutura. Quando saímos para contactos com entidades externas e queremos que elas conheçam o nosso espaço, é um pouco constrangedor dizer que a UNAP funciona aqui”, explicou o responsável.

Fez saber que a UNAP deixou de receber apoio financeiro do Estado em 2019, após decisão do Governo de “cortar” verbas às instituições de utilidade pública.

“Corremos o terceiro ano que não temos vindo a receber as dotações que recebíamos, quer do Ministério da Cultura, quer do das Finanças”, lembrou.

Rosário Matias disse, igualmente, que os constrangimentos em termos organizacionais e financeiros enfrentados pela UNAP condicionam a sua capacidade de manter os serviços mínimos, como os de manutenção, pagamentos dos salários, de energia e água.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *