ÓBITO

Coolio foi encontrado morto na casa-de-banho da casa de um amigo

Conhecidos mais pormenores sobre a morte de Coolio, que ainda há duas semanas tinha dado um concerto em Chicago, nos Estados Unidos. Em Julho, ‘Gangsta’s Paradise’, o seu êxito de 1995, tinha chegado ao ‘clube’ dos temas com mil milhões de visualizações no YouTube

Coolio, o rapper de 59 anos conhecido pelo êxito ‘Gangsta’s Paradise’, morreu esta quarta-feira. Embora a causa da sua morte ainda não tenha sido apurada, as primeiras notícias dão conta de que o norte-americano foi encontrado sem vida na casa-de-banho de casa de um amigo.

Segundo o site “TMZ”, o amigo do músico estranhou a sua demora e acabou por encontrá-lo caído no chão da casa-de-banho. Chamados ao local, os paramédicos declararam o óbito. As autoridades não encontraram sinais de consumo de estupefacientes.

Lançada em 1995, ‘Gangsta’s Paradise’ inclui um sample de Stevie Wonder e tornou-se o maior êxito de Coolio, valendo-lhe um Grammy. Outros temas conhecidos do seu repertório são ‘Fantastic Voyage’ e ‘1, 2, 3, 4 (Sumpin’ New)’.

De seu verdadeiro nome Artis Leon Ivey Jr, Coolio nasceu em Agosto de 1963, mudando-se da Pensilvânia para a Califórnia, onde se estabeleceu na cena hip-hop da costa oeste dos anos 80 e 90. O seu primeiro single, ‘Whatcha Gonna Do?’, saiu em 1987. Depois, juntou-se ao grupo WC and the Maad Circle e em 1994 lançou o primeiro álbum a solo, “It Takes a Thief”. ‘Gangsta’s Paradise’, canção na qual não incluiu palavrões para não incomodar o samplado Stevie Wonder, chegou no ano seguinte e mudou a sua vida. Recentemente, o tema tinha chegado ao ‘clube’ restrito das canções com mil milhões de visualizações no YouTube.

Há duas semanas, Coolio tinha actuado no Riot Fest, festival de Chicago, nos Estados Unidos. No verão, marcou também presença em vários festivais na Europa.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *