PAULA CORREIA

Somos muito mais do que pensamos ser

Quem sou EU?

Não deveria ser esta a reflexão primordial da nossa existência?!

Quantos de nós passam pela vida a serem quem os outras acham que deveriam ser, a fazerem o que os outros consideram que deveriam fazer…

Nem sequer paramos para pensar, afinal, quem sou Eu? Ou, quem quero Eu ser?

Atenção, não me refiro a nome, idade, percurso profissional, hobbies, comida, roupa, carro, cor, música, filme, livro, ou seja, o que for, que gostas e que pensas que é isso que te define como pessoa, como ser humano. Isto é apenas o topo do iceberg!

Nós somos muito mais do que aquilo que o olhar vê, e o que o olhar não vê é muito mais do que o que vê. Como se não bastasse, ao que o olhar não vê, só tu tens acesso, mas é precisamente aí que te encontras. Aí está a tua verdadeira identidade e todas as respostas que precisas para te encontrares e seres quem tu verdadeiramente és.

De que isso me serve? O que ganho com isso? Poderás estar tua a pensar.

Todos nós temos um propósito de vida, algo a aprender/ a receber e algo a dar, quanto mais aprofundares o conhecimento sobre ti próprio e fores ao interior do teu Ser, melhor te conhecerás e mais feliz serás! É bem dentro de ti, que encontras o teu verdadeiro potencial, o que te distingue de todos os demais.

Passamos tanto tempo da nossa existência a observar os outros ou em piloto automático, que nem nos apercebemos que devíamos concentrar mais o nosso foco em nós próprios. Ao criarmos uma maior conexão ou sintonia connosco próprios tudo flui melhor, a começar com nossa saúde e nosso bem-estar, e isso leva a um estado de equilíbrio e harmonia maior. Com isso não quero dizer que não seja importante estarmos conectados de alguma forma aos outros também. Devemos observar quem nos rodeia, não só para facilitar relacionamentos, como o outro também nos ensina sobre nós próprios, por vezes o outro funciona como um espelho de nós próprios e isso ajuda-nos a conhecermo-nos melhor.

Já repararam que a vida acaba por ser cada vez mais uma consciencialização da nossa existência, de quem somos ou do nosso propósito de vida. Ainda existem muitos que “passam pela vida em branca nuvem, … só passam pela vida, não vivem” como escreveu o poeta Francisco Otaviano.

Convido-te a olhares-te, observares-te…  refletires sobre quem és?

Sem medo, sem preconceito, confiante e seguro ama-te, evolui, cresce, brilha, encara-te de frente! Tens dores escondidas? Medos retraídos? Traumas camuflados? Não ganhas nada em continuares a fugir, a refugiares-te em medicamentos, drogas, álcool, trabalho até á exaustão ou outros…

Dá-te uma oportunidade, tu mereces! Se vai doer? É o mais certo! Se vais ultrapassar? Só depende de ti! Queres ultrapassar? Então vai em frente? Tu és o único com poder sobre a tua vida! Os outros só têm o poder que lhes dás! Não te esqueças disso!

Faças o que fizeres que seja para um dia sentires orgulho em quem foste e no marco positivo que deixaste na tua passagem por este planeta!

Nada é definitivo! Nada é garantido!

Tudo faz parte de um caminho, o TEU caminho!

Qual vai ser a história da tua vida? Não sabemos o tempo de vida que temos! Será que isso importa?! Muito ou pouco que tenha significado, dá-lhe um sentido e verás que tudo será vivido e sentido de uma forma completamente diferente do até então.

Sabem, por vezes pensamos que as coisas não podem piorar mais, e elas pioram… por vezes pensamos que as coisas não podem melhorar mais, e elas melhoram! Sabem porquê? Porque o poder está dentro de nós, na nossa mente e força de vontade! Por isso nunca é tarde demais para nada! Para nada mesmo! Pensa o positivo e o positivo acontece, mesmo que tenham que passar por um caminho difícil para lá chegar, tudo faz parte de uma aprendizagem!

Tu bastas-te a ti próprio, não há maior liberdade do que a nossa felicidade não depender de nada nem ninguém.

Muda, coragem! Ao mudares verás a mudança a acontecer na tua vida, á tua volta e até o impossível passa a ser possível!

 

 

2 comentários em “Somos muito mais do que pensamos ser”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *