MWENE VUNONGUE

Oh vocês, nunca estive em Kabassango!

O Cauende e eu estávamos no Kalumbo. Foi minha primeira vez lá… Para além de ser uma banda onde se come peixe, bem ao lado tem uma praça onde se vendem muitas coisas.

Apareceu uma senhorita até a mim: MANOOOO, POR AQUI?!

Epa, como tenho sido interpelado várias vezes nos mesmos termos, não estranhei.

– Sim, por aqui. Cheguei ontem do Huambo!

Oh, estás a viajar muito. É por isso nunca mais te vimos. Desde 2014.

– Um pouco só, mas e tu, o que fazes aqui?

Vim comprar algumas coisas, porque amanhã vamos regressar.

– Oh que bom!

Na semana passada ainda cruzei com a tua esposa, as crianças estão muito grandes. Quando tu voltares vais ficar muito feliz por lhes ver e já estou a lhe imaginar como será quando ela te vir.

Hum? Me questionei como é que uma pessoa tinha uma informação assim, como se eu tivesse estado longe da família por largos anos… Então perguntei: Encontraram-se aonde?

Nos encontramos no Kabassango mesmo, perto da vossa casa.

– Kabassango?? Mas, Kabassango não é em Cabinda?

Sim.

– Eu não sou de Cabinda e nunca vivi lá.

Hum? Se todos estão lá à tua espera desde que fugiste em 2017 nunca mais voltaste. As tuas duas mulheres estão lá. Uma está no município de Belize a fazer o tratamento tradicional para voltares cedo.

Oh vocês, comecei a tremer. Porque eu nunca estive em Cabinda. O Cauende chegou e lhe contei isso. Também ficou assustado e já nem comemos mais o peixe que encomendamos. Regressamos imediatamente para casa.

Se existe uma pessoa parecida comigo que tem essas makas em Cabinda, é melhor bazar lá, por favor.

Fonte: Facebook

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *