JOÃO PORTELINHA

A saga de um paciente!

Se você procurar algo sobre os dentistas, no Google, surge logo histórias de dentistas para te inspirar”. Assim diz a publicidade! Achei mais interessante e sugestivo o texto denominado: “a saga dos dentistas! Inspiração nunca é demais! Não é verdade?” Inspiração para eles, óbvio! Não encontrei nenhum texto com a saga dos pacientes, que são tratados por àqueles! Então resolvi contar a minha saga, aqui:

Há histórias positivas sobre o trabalho deles como é óbvio, mas a minha experiência com um deles foi horrível! Com a minha idade, já tenho mais de seis décadas, nunca perdi um dente sequer! com orgulho, dizia sempre, que ia morrer com os dentes todos No entanto, como fumante, volta e meia, vou a um dentista para tirarem-me as manchas de nicotina, vá lá…fazer uma limpeza completa! Todos dentistas, sejam os nacionais ou estrangeiros diziam sempre que eu era privilegiado por ter todos dentes e bons com a minha idade!  Era raro isso acontecer, diziam!  Pois bem, meus caros amigos, isso foi até Outubro deste ano!

Fui a uma dentista, filha de um amigo, sobretudo para prestigiar a filha recém formada em odontologia! Na realidade eu fui sua cobaia! É aí que começa saga de um cidadão que diziam ter dentes lindos e fortes por ser africano! Kkkkk

Ao fazer-me uma limpeza aos dentes, para tirar manchas de nicotina, usou um broquim quase igual as que uso, cá em casa, para furar as paredes! A coisa foi de tal monta que o colega da “dita cuja”, escandalizado, disse-lhe: – Vc vai danificar os dentes do moço! Não use esse aparelho! Isso é para obturação, por amor de Deus!!! Faz o clareamento com lazer, menina! Não valeu a advertência, o estrago já estava feito, para minha desgraça!

Mais tarde pesquisei na internet e verifiquei que há um outro processo, para casos mais graves, que envolve o revestimento dentário com uma solução de paroxido e o uso do aparelho fotopolimerizador expondo os dentes manchados ao efeito de suas luzes fortes azuis.   É indolor e demora menos de 15 minutos! Mesmo esse procedimento não era para o meu caso… Certamente vocês dirão que ele não foi nada ético ao chamar atenção a colega na presença do paciente!  Ele agiu da forma que agiu para não piorar a minha situação: ela tinha o aparelho com o broquim na mão e com o pé num pedal feita costureira! Valeu a reprimenda, mas o estrago já estava feito! Não processei a senhora por ser filha de um amigo e por eu ter também culpa no cartório em sujeitar-me servir de cobaia para alguém que tinha acabado de formar-se em odontologia!

Com essa brincadeira, perdi dois dentes e alguns deles tiveram que levar facetas, mesmo com dentes de um africano!

Conclusão! A minha promessa de morrer com todos os dentes foi para o beleléu! Outra coisa, o meu 13 salário, também! Aprendizado: quando os filhos de seus amigos se formarem em odontologia, prestigie doutro jeito; ofereça uma garrafa de champanhe, mesmo que seja cara, sempre sai mais em conta que implantes e facetas!

Ao terminar, queria dizer: aprendam com um velho! Que não duro para sempre! Depois vi, com tristeza… que neste caso a sabedoria ganha com a idade não me valeu bulhufas! Essa é a minha saga, como paciente de um dentista totalmente irresponsável, filha de um amigo…. Contrate os serviços de um bom dentista para não pagar ainda mais caro e para não passar por todos esses constrangimentos! Essa é a minha SAGA, a saga de um paciente de uma “dentista”!

Confesso, se soubesse o quão caro seria reparar os danos causados pela dentista, mesmo sendo filha de um amigo, minha posição seria totalmente diferente!

 

Fonte: Facebook

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *