Crônicas

Leberdia

Alô, sobrinho? -Alô, tio. O vosso passar? – Passámos bem. Não sei por vós! O que não falamos é boato, sobrinho. O tal viver é só mesmo isso. – Exacto correcto. Já estás nas balizas do que vai acontecer amanhã? – Não, tio. Amanhã teremos uma sentada. – De quê, tio? Do teu primo Kaingona …

Leberdia Leia mais »

O (a)mar entre os dois

analu e beni se conheceram através do facebook. ele é angolano. ela, brasileira. por terem muitos amigos em comum, ele a adicionou e começou a ler seus poemas. um dia, enviou uma mensagem, passaram a conversar com frequência e iniciaram um relacionamento à distância que já dura oito meses. têm muitas coisas em comum, dentre …

O (a)mar entre os dois Leia mais »

O beliche de São João

Meu pai, homem negro de Nazaré das Farinhas, era o mais velho de cinco filhos. Muito pobres, ao chegarem em Salvador, foram morar na Massaranduba. Eu sou o primeiro dos cinco filhos dele. Até meus 10 anos ele ainda era casado com minha mãe e morávamos no Jardim Cruzeiro. São João era muito festejado nesses …

O beliche de São João Leia mais »

O propósito

mirela era assistente social em uma clínica, mas, sentia que faltava algo em sua vida e não era capaz de definir. em um domingo, acordou cedo e decidiu visitar o lar irmã maria luiza. encantou-se com os idosos do local e decidiu trabalhar como voluntária. todo sábado, chega às 8h no lar, ajuda a dar …

O propósito Leia mais »

O católico e o evangélico

Interpelou-me um irmão Evangélico, hoje. – Acompanho as tuas publicações no Facebook. Olhe, quero debater contigo sobre Maria! Meu bom irmão, não podemos debater sobre a nossa boa Mãe Maria. Temos de amá-la como ela nos ama! Mesmo tu não amando-a, ela te ama. Não se debate sobre a Virgem Maria, ama-se! Meu bom irmão, …

O católico e o evangélico Leia mais »

A margem

Vou levar algumas horas ou quem sabe dias para escrever essa crônica. E agora, ela está aqui, desfilando nas retinas do meu leitor. Sinto-me perdida, entre as fagulhas do tempo. E com o coração em brasa, escrevo esta crônica cujo tema é ela mesma. Sei bem, leitor! O mundo anda cheio de assuntos para serem …

A margem Leia mais »

Dia da Mãe

Para onde vão os meus pensamentos? Para aquela mulher franzina, de cujos actos e afectos iniciais me lembro ainda na Pedreira do Baba, à pequena distância do ainda inexistente Tomessa, entre 1965-66. Vivemos ali, na felicidade pura das famílias verdadeiras, com o meu pai, meu mano Pompeu e minha irmã mais nova, a Filó. O …

Dia da Mãe Leia mais »

A rainha da cocada preta

quando uiara foi demitida de uma das últimas lojas da baixa dos sapateiros, precisou se reinventar. no primeiro dia de desempregada, resolveu fazer uma faxina em casa e na gaveta da cômoda do quarto, encontrou o livro de receitas de sua avó lila. deixou-o na mesa da sala e continuou a arrumação. quando terminou resolveu …

A rainha da cocada preta Leia mais »

Mister Angola no Muro das Lamentações

No fim da excursão a Jerusalém, ao sair do Muro das Lamentações, há um pequeno fontenário com uns jarros de alumínio. Enchemo-lo com água e vamos despejando alternadamente em cada uma das mãos, três vezes. Depois, passamos as mãos molhadas na cara e sentimos um alívio do efeito solar. Concluimos: “obrigado meu Deus pela saúde …

Mister Angola no Muro das Lamentações Leia mais »