Capa

JES em coma induzido depois de ter caído na casa de banho da residência onde vive

O antigo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, terá – segundo apurou o jornal português Expresso – caído na casa de banho da residência onde, na capital catalã, vive desde Abril de 2019; e neste momento encontra-se numa clínica, em coma induzido. Entretanto, Welwitchia (Tschize) dos Santos desmentiu, nas Redes Sociais, a informação sobre o alegado agravamento do estado de saúde do seu pai. “Não teve AVC e nem ataque de coração. Também não tem câncer na próstata e o estado de José Eduardo dos Santos  é estável. Mas está estável e a recuperar bem. Graças a Deus! Não é desta que João Lourenço vai abrir o champagne. Ele que ponha no gelo e guarde por muitos mais anos”, alfinetou a antiga deputada à Assembleia Nacional pelo MPLA

Desprezo ao cidadão-contribuinte e eleitor!

Milhões de dólares têm sido gastos para solucionar esse problema, com programas e mais programas de “água para todos”, cobertos com uma ampla campanha de informação (ou propaganda?). Mas o certo é que ele persiste e sempre a penalizar as populações. É evidente que em tempo de eleições, quem detém o poder é que deverá ser o mais penalizado com situações dessa natureza. Os programas para esse sector gizados pelo MPLA, como partido que sustenta o Governo, estão longe do desejável.

Governo de João Lourenço com dificuldades de saciar a sede de cidadãos na capital angolana

Centenas de cidadãos em Luanda percorrem há  mais de três semanas (ou mais) grandes distâncias à procura de água.
O facto acontece porque os bairros em que vivem estão privados do fornecimento de água pela EPAl, Empresa de Águas de Luanda.Moradores do Kilamba Kiax, Bairro Popular, Anangola, Rangel, Terra Nova, São Pedro da Barra e Petrangol estão afectados com a ausência de água nas suas torneiras, em casa, ou nos chafarizes nas suas zonas de residência.

Administração Lourenço abandona operativo da Casa Militar em cadeia de alta segurança na Eslovaquia

Chama-se Carlos da Silva e era o representante da Casa de Militar na República da Eslováquia. Foi ele quem viabilizou a compra de material bélico usado na operação que determinou o fecho da guerra em Fevereiro de 2002. Em nome do Governo angolano, abortou a venda de aviões, tanques e munições para UNITA por parte de alguns estados do leste europeu. Depois de ter servido foi pura e simplesmente abandonado pelo Estado angolano. O Presidente João Lourenço domina dossier.

Francisco Viana é candidato a deputado à Assembleia Nacional pela UNITA

Francisco Viana é uma das principais novidades da lista de candidatos a deputados à Assembleia Nacional pela UNITA, apurou o jornal “O Kwanza” juntou de fonte da direção do Galo Negro. Filho de Gentil Ferreira Viana, quadro histórico do MPLA, Francisco Viana colocou um ponto final à sua militância ao partido no poder na semana passada, em carta dirigida aberta, endereçada ao presidente João Lourenço.

“Desta vez a Direcção do MPLA excedeu-se na sua arrogância (…) Este MPLA já não é o MPLA dos meus tios e das minhas tias (…)”

Francisco Viana já não é  militante do MPLA. Em carta enviada ao presidente do partido, João Lourenço, o também empresário e filho de um histórico do partido dos camaradas, Gentil Viana, revela-se decepcionado com o rumo tomado pelo MPLA e pede a sua desvinculação do partido. Como cidadão, diz estar disposto a tudo fazer pelo País. Eis a carta na íntegra:

Jurista e político Tito Cambange acusado de agressão a guarda de Segurança

O jurista e político Tito Cambange, membro do Comité Central e candidato a deputado pelo MPLA, está a ser acusado de agressão a um guarda de Segurança de um edifício no bairro Maculusso, em Luanda. O facto aconteceu no passado dia 12, quando uma suposta namorada de nome Flavia pediu ajuda ao acusado por alegada tentativa de assalto no interior da sua residência.

Riquinho direcciona baterias e (sem medo) arrasa dirigentes do MPLA

Riquinho acusa figuras de proa do MPLA e do Executivo de terem beneficiado de carros comprados com o seu dinheiro. Num áudio que rola nas Redes Sociais, o empresário vai mais longe e refere que o então ministro da Juventude e Desportos, Marcos Barrica, e o actual secretário de Estado dos Desportos, Calos Almeida, também beneficiaram de carros, a igual de antigo presidente da FAB, Gustavo da Conceição, que terá oferecido a viatura que recebeu à sua mulher.

Mais de 40 pessoas envolvidas no “caso Lussaty” começam a ser ouvidos no dia 28

Os envolvidos no “caso Lussaty” começam a ser ouvidos no dia 28 no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda.
Ao todo são 49 arguidos e cerca de 200 declarantes que estarão envolvidos numa maratona que se prevê estender até Agosto. Entre os declarantes figuram os generais Sequeira João Lourenço, irmão do Presidente João Lourenço, Helder Vieira Dias, Higino Carneiro, Eusébio de Brito, Inocêncio Yoba e João Chindanse.

Adalberto Costa

ACJ, mostre lá o Diploma!

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior (ACJ), volta a estar, de novo, em situação desconfortável, depois da publicação portuguesa “Sábado” voltar a pôr em causa o seu grau acadêmico. Um descrédito que não é novo, mas que em períodos eleitorais, como o que estamos a viver com o aproximar das eleições de Agosto próximo, alimenta paixões e pode levar mesmo ao reacender de ódios e sentimentos recalcados, dentro e fora do Galo Negro.